Notícias e Novidades

  • Home
  • Notícias e Novidades
  • STF julgará com repercussão geral se multa pode ser maior que valor do tributo devido – Discussão versa sobre multa tributária punitiva não qualificada por sonegação, fraude e conluio
Notícias

STF julgará com repercussão geral se multa pode ser maior que valor do tributo devido – Discussão versa sobre multa tributária punitiva não qualificada por sonegação, fraude e conluio

No plenário virtual do Supremo Tribunal Federal (STF) já se formou maioria mais do que suficiente de seis votos a fim de que seja julgado – com repercussão geral para as demais instâncias – recurso extraordinário no qual a Corte deverá definir se é possível fixar multa tributária punitiva, não qualificada, em montante superior a 100% do tributo devido.

A discussão no RE 1.335.293, que se tornou o Tema 1.195 de repercussão geral, versa sobre multas punitivas que não sejam qualificadas por sonegação, fraude ou conluio. A proposta de repercussão geral do relator, ministro-presidente Luiz Fux, já foi acompanhado pelos seguintes colegas: Edson Fachin, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski. A votação no plenário virtual termina no dia 17 de fevereiro.

“A matéria aqui suscitada possui densidade constitucional suficiente para o reconhecimento da existência de repercussão geral, competindo a esta Suprema Corte definir, em face do não-confisco na esfera tributária (artigo 150, IV, da Constituição Federal), parâmetros para o limite máximo do valor da multa fiscal punitiva, não qualificada pela sonegação, fraude ou conluio, especificamente os valores superiores a 100% do tributo devido, considerado percentual fixado nas legislações dos entes federados”, escreveu o relator Luiz Fux.

O percentual fixado para multa fiscal qualificada, decorrente de sonegação, fraude ou conluio, também é objeto de discussão no STF, mas no Recurso Extraordinário 736.090, de relatoria do ministro Dias Toffoli (Tema 863 da Repercussão Geral).

Ainda não há data marcada para o julgamento de mérito do RE 1.335.293.

Fonte: https://www.jota.info/stf/do-supremo/stf-julgara-com-repercussao-geral-se-multa-pode-ser-maior-que-valor-do-tributo-devido-03022022





Artigos Recomendados

Notícias

RELP (Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional)

LER MAIS
Notícias

DECRETO Nº 10.979/22 – REDUÇÃO DE ALÍQUOTA DE IPI

LER MAIS
Notícias

Imbróglio tributário – Desembargador do TJPR nega pedido para empresa não pagar Difal-ICMS em 2022

LER MAIS


ATENDIMENTO ONLINE